Tópico: 906
0 respostas a este tópico
Admin
Admin
Postagens: 18
Bitcoin pode ter valorização de 5.000%?

É inegável que 2018 foi um péssimo ano para o mercado de criptomoedas em especial para o Bitcoin, que sendo a primeira criptomoeda tem ampla influência sobre o preço das outras criptomoedas do mercado. Mas também não podemos negar que 2019, apesar da recente baixa, trouxe um ótimo desempenho para o Bitcoin e consequentemente para o restante das criptomoedas.

Recentemente publicamos a formação de uma “cruz de ouro” no gráfico de preço do Bitcoin, tal indicador mostra bastante otimismo do mercado e aponta alta probabilidade o preço do Bitcoin atingir novas máximas históricas.

A última vez que isso ocorreu, foi em fevereiro de 2016 e, a partir daí, o Bitcoin gerou aos investidores um retorno sobre o investimento de 4.900%. A pergunta que nos fazemos agora é: Essa alta pode acontecer novamente?

Pela primeira vez desde fevereiro de 2016 o gráfico de três dias do Bitcoin está registrando um padrão “cruz de ouro”, um indicador de alta de longo prazo. Um cruzamento similar foi visto seis meses antes do Halving em 2016 e abriu caminho para uma mega valorização. A história pode se repetir tendo em vista que acontecerá uma nova redução da recompensa pela mineração em menos de 12 meses.

Uma “cruz de ouro” ocorre quando uma média móvel de curto prazo, neste caso, a média móvel de 50 semanas do Bitcoin, ultrapassa uma média móvel de longo prazo, a média móvel de 200 semanas.

Uma cruz de ouro é um forte indicador de alta, e normalmente é um sinal para os investidores de que o ativo está prestes a entrar em um “Bull Run”. O oposto – uma “cruz da morte” é um indicador que mostra o início de uma tendência de baixa.

Depois de uma longa e árdua tendência de baixa, como a de 2018, os cripto-investidores estão entusiasmados com a nova expectativa de alta que se desenha no gráfico do Bitcoin, mas é preciso cautela.

No passado, antes de uma grande valorização realmente acontecer, o gráfico de preço do Bitcoin formou uma cruz de ouro, mas logo formou uma cruz da morte, e depois novamente formou uma cruz de ouro. Como há possibilidades de que isso aconteça novamente, os investidores devem proceder com cautela.

Cruz Dourada de 4.900%
Mas, se a alta se confirmar o Bitcoin pode gerar retornos sobre o investimento que não foram registrados na maioria das classes de ativos.

Quando surgiu esse padrão de alta em fevereiro de 2016, o Bitcoin era negociado por cerca de US$ 400, com a confirmação da alta, a criptomoeda alcançou uma valorização recorde de 4.900%, atingindo o pico em US$ 20.000.

Atualmente um aumento percentual similar colocará o preço do Bitcoin acima dos US$ 500.000, mas vale destacar que essa alta não viria da noite para o dia, pode ser que leve anos para que o preço do Bitcoin atinja esse nível de preço. Vale lembrar que desde o parecimento da última cruz de ouro até a o ATH no final de 2017, se passou um período de cerca de aproximadamente um ano e meio, o que nos levar a acreditar que em dezembro de 2020 o preço do Bitcoin estará sendo negociado por US$ 500,000 “meio milhão de dólares”.

É quase inimaginável ver o preço do Bitcoin sendo negociado por esse preço, dado o quão grande valor de mercado a primeira criptomoeda precisaria alcançar, ver esse tipo de ROI novamente é altamente improvável, mas todo mundo sabe da capacidade do Bitcoin surpreender as pessoas, então vamos esperar pra ver.

© 2016 - 2020 ::.wnsbr.com:: | LTDA. Todos os direitos reservados.